terça-feira, 29 de março de 2011

Por trás dos modismos – parte 3


Por que todos querem estar dentro da moda?




Já falamos aqui sobre como as indústrias de comércio, inclusive a da moda, se aproveitam dos sucessos midiáticos para venderem seus produtos. Além de mostrar como funciona a fabricação desses itens baseados em filmes, livros e bandas de sucesso, também já começamos a discutir porque esses produtos fazem tanto sucesso entre o público, principalmente entre os jovens.


Hoje vamos finalizar essa série sobre modismos, explicando o motivo das modinhas fazerem tanto sucesso, sob um viés psicológico. Maria de Lourdes da Cunha Sola, psicóloga Clínica Especialista em Terapia Comportamental e Cognitiva pela USP, explica a origem desse furor.


Segundo ela, o ser humano sempre foi movido por reforçadores positivos. “Isso quer dizer que ao longo de sua existência, ele sempre esteve envolvido em episódios que marcaram sua época de maneira catártica”, ou seja, que levavam à uma “purificação das almas”, uma libertação por meio de uma descarga emocional intensa.


Um grande exemplo seriam as batalhas de arena na antiga Roma, onde, depois de dias de preparativos, as pessoas se reuniam sedentas por batalhas que inevitavelmente terminavam em mortes. “A multidão vibrava e todos esperavam os domingos para assistirem o sangue jorrar, fosse de animais ou de pessoas.”, explica Maria.



Se fizermos uma busca na linha do tempo vamos encontrar, em todos os séculos e em todas as décadas, movimentos marcantes da cultura. Vide Bossa Nova, Jovem Guarda, Iê Iê Iê e Tropicália, entre outros. “Cada época tem seu diferencial mas o objetivo é o mesmo: a busca de reforçadores, que geram um prazer imediato”, afirma a psicóloga.



Bossa Nova: movimento da música popular brasileira surgido no final da década de 1950 na capital fluminense



Jovem Guarda: movimento surgido na segunda metade da década de 60, que mesclava música, comportamento e moda



Tropicalismo: movimento cultural brasileiro que surgiu sob a influência das correntes artísticas de vanguarda e da cultura pop nacional e estrangeira


“O que acontece atualmente é somente um aperfeiçoamento tecnológico disso”, revela a especialista. As coisas vão mudando à medida que os estímulos vão crescendo; a sedução aumenta à medida que as informações e os acessos também crescem. O que muda ao longo do tempo é a questão do prazer imediato: aquilo que é reforçador para uma cultura, pra outra já perde o sentido.

Varinha de Harry Potter: hoje a série
faz sucesso e é conhecida no mundo inteiro


Eles estão em tudo (mesmo que a gente não brinque mais disso, os personagens ficaram fofos de lego né?)


Com o aumento da acessibilidade aos produtos da moda, cresce o desejo. “E o marketing das empresas, com todo seu poder de sedução, por meio de estratégias e ações que envolvem o desenvolvimento, o lançamento e a sustentação de um produto no mercado consumidor, se encarrega da satisfação deste prazer imediato.”, relata Maria de Lourdes.




Camiseta das cores da Grifinória




Estas estratégias e ações envolvem justamente o uso da imagem ou às vezes apenas do nome do alvo de idolatria das pessoas: seu, personagem, desenho, banda, artista, novela ou filme preferidos.


Prefere dormir com o Harry...


ou com o Edward?


Isso gera uma identificação por parte do consumidor, que leva para casa a roupa, a maquiagem, o tênis de seu ídolo, aproximando-se assim dele. E também permite identificação do jovem com o grupo, fazendo com que ele seja mais aceito por se encaixar dentro dos parâmetros usando o que todos usam e acham ‘legal’.



Adoramos a mensagem do All Star



Então fique atento para não ser levado na onda dos outros e fazer de tudo, até gastar todas as moedas do seu cofre, ou da sua poupança, só para seguir a “modinha” do momento.




Pra quem não gosta de tênis, tem havaiana!


Ter seus próprios ídolos e estilo é legal, mesmo que quando todos corram para ser os primeiros da fila do dia de estréia de Amanhecer, você prefira ficar em casa assistindo aos clássicos de terror.



Nem 1% de toda a gama de psodutos de Alice no País das Maravilhas



Mesmo assim, de vez em quando passar um esmalte com as cores do mundo da Alice pode ser divertido como ver as excêntricidades do Chapeleiro Maluco!

Um comentário:

  1. Ótimo post! ;)
    Ah... tô procurando uma colaboradora lá para o blog: http://vcmaisbonitasempre.blogspot.com/2011/03/em-busca-de-colaboradoras-para-o-blog.html
    Bjo

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vinda! O que achou do post? Este cantinho também é seu, sinta-se à vontade para comentar, perguntar, sugerir ou mesmo criticar... Um grande beijo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...