Pular para o conteúdo principal

O segredo para estar em mais de 40 países

Ela está principalmente nos países da liga Árabe e tem no Oriente Médio o seu maior mercado. Depois dos países da liga Árabe, vem o Leste Europeu, o Caribe, os países da África, da América Central e do Sul.Quando você usa um produto Lorys, facilmente encontrado nas lojas de todo o país, nem imagina o quanto ele tem viajado. Segundo Diana Pires, analista de exportação da Sther Cosméticos, a marca Lorys está muito bem consolidada no exterior. “Muita gente procura, pelo nome, pela embalagem e pela fragrância, eles gostam muito.”

É por isso que os novos produtos estão sendo lançados no idioma árabe. A procura é grande! Mas como a Sther chega lá do outro lado? Bem, isso envolve várias questões. “Encontramos os distribuidores em feiras como hoje, tem muito cliente que passa um ano e te vê, passa outro ano e te vê de novo, no terceiro ano ele finalmente vai fazer negócio com você. É através da persistência e confiança.”, conta Diana

A Sther faz feiras fora do Brasil todos os anos, como a Beauty Middle East, em Dubai e a Cosmoprof, em Bolonha, na Itália. Este ano foi o quinto ano de feira seguido em Dubai. Para Diana, esta participação é fundamental , porque o mercado árabe gosta de contato, “eles precisam te conhecer, te ver, para primeiro confiar em você como pessoa, e depois na marca”, relata.

Mas não é um trabalho fácil, que pode ser feito apenas com um bom relacionamento com as pessoas. As dificuldades na exportação são várias. Diana diz que a primeira é em relação as barreiras não tarifárias,que são documentos que os países exigem da linha de cosméticos. É necessário não apenas ter registro do Ministério da Saúde no Brasil, mas também no exterior.

Cada país pede documentos diferentes, no idioma do país, por isso, esta é a barreira principal. Depois, são os concorrentes no exterior e por último, é encontrar o distribuidor, aquele que quer colocar o nome de uma marca brasileira naquele país. “Exportamos desde 2004 e logo no primeiro ano a Sther cresceu 50 %, do segundo para o terceiro mais 30%.


WILBERT BRANCA, DO PANAMÁ E EDSON, DA STHER

Wilbert Branca, gerente geral da Wilmar Beauty and Barber, distribuidora localizada no Panamá, fala sobre os motivos de realizar negócios com o Brasil. Ele, que visita a Feira desde a primeira edição, acredita que o principal é a relação com a cultura brasileira. “Aqui, conseguimos ter um bom entendimento comercial”, conta.



Ele se interessou pela linha profissional Maxsther e aproveitou a Beauty Fair para fechar negócio. “Conhecia a Sther por recomendação e agora vamos começar a conhecer os produtos, começar a prová-los e não temos dúvidas que vamos fazer um bom negócio!’, diz entusiasmado.

Para Francisco Kronember, distribuidor da marca na Angola, é difícil encontrar mão de obra boa, que saiba exportar. “Uma vez levei um produto de outra marca e tive que pagar 14 mil dólares de multa, porque eles não tomaram os cuidados devidos para a exportação. Por isso, quando encontramos alguém que sabe exportar é uma maravilha. São coisas pequenas, mas que podem nos dar grande prejuízo, por isso sempre contamos com a Sther, que nunca nos deu problemas.”

______________________________________________________
The secret to be in more than 40 countries

It’s mainly in the Arab League and it has its biggest market in the Middle East. After that, it comes the Eastern Europe, Caribbean, the African countries, Central and South America. When you use a Lorys product, easily found in all of the stores in Brazil, you can’t imagine how long it has traveled. According to Diana Pires, exporting analyst of Sther Cosméticos, Lorys brand is very well consolidated abroad. “ A lot of people look for it, due to its name, its packing and its fragrance, they really like it.”

This is the reason why the new products are being lauched in the Arabic language. Everybody there wants it! But how does Sther get to the other side? Well, this involves several issues. “We find the distribuctors in fairs like this one, there are many clients that come here one year and see you, come another year and see you again, in the third year he finally will do business with you. It’s through the persistence and reliability”, tells Diana.

Sther participates in fairs out of Brazil every year, like the Beauty Middle East, in Dubai and Cosmoprof in Bologna, Italy. This was Sther’s fifth year in Dubai. This participation is essential, because the Arabic market likes to be in touch, “they need to know you, to see you, so they can trust in you as a person and after that trust in the brand”.

But it’s not an easy job, that can be done only with a good relationship with the people. There are several exporting difficults. Diana says that the first one is related to the non-tariff barriers, which are documents that the countries demand in the cosmetic line. It’s necessary not only the registration in the brazilian Health Ministry, but also abroad.

Different documents are asked in each country, with the local language, which is the main barrier. Then, there are the competitors abroad and the last thing is to find the distributor, someone who wants to put the name of a brazilian brand in that country. “ We’ve been exporting since 2004 and right in the first year Sther has grown 50%.

Wilbert Branca, general manager of Wilmar Beauty and Barber, distributor located in Panamá, says about the reasons to do business with Brazil. He, who visits the fair since the first edition, believes that the main thing is the relation with brazilian culture. “We can have a good understanding trade.”

He was interested in the professional line Maxsther and took advantage of the Beauty Fair to make a deal. “I’ve known Sther from recomendation and we’re going to start knowing the products now, we’re going to try it and I’m sure that we’ll do a great business!”, says it excited.

Francisco Kronember, Sther distributor in Angola says that it’s difficult to find a good workforce, that knows to export. “I took a product from another brand some time ago and I had to pay a fine of $ 14.000, because they haven’t done the right thing for exporting. So, it’s wonderful when we find someone who knows to export. Small details, but they can cause great injuries. Because of this, we always count on Sther, that never gave problems to us.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 dicas para desintoxicar o corpo pós carnaval

O Carnaval é uma festa popular na qual as pessoas dançam, se divertem, comem e bebem em excesso. Devido ao consumo muitas vezes exagerado de comidas e bebidas, nosso corpo necessita de uma verdadeira desintoxicação. Veja nossas dicas de alimentos para ajudar a limpar o corpo depois do Carnaval e voltar com tudo à rotina diária.


1.Beba bastante água. A água é um excelente aliado na desintoxicação do corpo. Além de hidratar, a água literalmente lava o corpo de dentro para fora, ajudando a eliminar toxinas, dilui poluentes, melhora a função dos rins, e ajuda na digestão. 2.Coma folhas verdes. Alimentos como alface, espinafre, rúcula, acelga, etc são excelentes fontes de fibras. As fibras ajudam a limpar o organismo e melhoram a digestão. Além disso, elas diminuem a absorção de gorduras e toxinas. 3.Dê atenção às frutas. Após o Carnaval, dê atenção especial às frutas, sobretudo àquelas com alto teor de água e baixa caloria, como melancia, abacaxi, melão, morango, etc. Elas são …

Fevereiro chegou !

E hoje se inicia mais um mês, e o que você espera dele?
Que ele traga muito amor, felicidade e muitas realizações.
Vamos que vamos ein rs'

Receitinhas de Máscara de Hidratação Caseira.